Browsing Tag

kitnet

De Casa, Passeios, São Paulo

BEDA #10: Daiso Japan – como está a loja três anos depois

10 de agosto de 2016

Em um endereço que não existe mais, eu fiz um post sobre a Daiso no mês de inauguração da loja (meu verdadeiro e emocionado abraço para os que lembram desses momentos) e de lá pra cá nosso amor só cresceu e se aprofundou.

Minha casa quase inteira é by Daiso: metade da sala, quase todos os itens da cozinha e tudo da lavanderia imaginária. Morando em uma kitnet, os produtos deles são perfeitos pois tem toda a preocupação oriental de espaço: a minha vassoura pink, por exemplo, tem a escova igual a de uma vassoura de criança, mas o cabo é para a altura de um adulto. Um rodo normal também seria um estorvo aqui, mas o deles é menor e cabe encaixado em um cantinho (e também é pink ornando com a vassoura e o esfregão dobrável).

Daiso Japan - CozinhaDaqui, as únicas coisas que não são da Daiso são as colheres cinza (Tramontina), o resto: luvas de limpeza (a barra é florida), escovinha de pia (em forma de esquilo), pincel de cozinha, colher de silicone, tábua, abridor de garrafa, cortadores, faca (com capinha), mini vassoura, mini rodo e mini esfragão (os cabos ou são retráteis, ou são para altura de um adulto)

Nesses três anos e meio virei uma pequena somelier da loja (ou agora a gente fala mestre ~as in~ mestre cervejeiro?) e decidi que vale uma nova conversa sobre o assunto:

O preço mudou e não é mais valor único

Agora o preço base é R$ 7,90, o que eu acho bem razoável pra um produto que tem todo o custo calculado em dólar (da inauguração pra cá o dólar quase dobrou e eles fizeram o máximo pra manter o preço). alguns itens são mais caros (tudo muito bem sinalizado), especialmente as porcelanas (podendo chegar a 11 ou 13,90, dependendo da peça).

Tem comida

Como o produto vem em containers e corre o risco de ficar parado por meses (!) esperando liberação em Santos, a variedade ainda é bem limitada, pois tudo é teste, mas já são doces, refrigerantes, sucos e molhos.

São mais lojas

A Daiso já chegou em Campinas, Santo André, São Bernardo e vários bairros e shoppings de São Paulo, eles também tem uma parceria com os supermercados Hirota (que são muito caros, beijos) para mini-espaços Daiso dentro de algumas unidades.

O que vale a pena comprar?

Artigos de papelaria: especialmente os caderninhos e post-its, que saem pela metade do preço da liberdade. Também tem washi tapes por um terço do preço da Kalunga em uma variedade muito maior.

Daiso Japan - PapelariaMarcador de papel (ele deixa esses desenhos em relevo), furador, tesoura, post-it e washi tape

Marmitas: são dois tipos de bentô, eu sempre compro o ~hermético~ que não vaza, quase não fica cheiro, é de bichinho e tem toda uma linha de talheres e potinhos combinando (hora do almoço, que hora feliz).

Molduras: a frente não é de vidro, mas os porta retratos e molduras A4 daqui são bem bonitos e, né, 7,90.

Tudo ornando: quase tudo aqui é lançado em linha, então ao comprar uma colher dessas de silicone, você vai achar outros três utensílios da mesma coleção, com mesmo tamanho e mesma cor. As porcelanas, bentôs, porta-lápis e pastas funcionam no mesmo esquema. Tudo aqui serve pra montar um kit.

Daiso Japan - O que vale a penaEsfregão de porco espinho (<3), molduras e potinhos que combinam com o bentô (o meu é da mesma coleção mas não está aqui pra foto :/)

Um beijo, aquela abraço, até amanhã e aceito propostas para visitas guiadas.

BEDA 2016

De Casa, Lifestyle

BEDA #05: Meus quadros de quebra-cabeça do Star Wars

5 de agosto de 2016

Chegoooou a louca do quebra-cabeça. Eu. amo. montar. quebra. cabeça. E das muitas coisas que assumi publicamente com a idade, essa é a de que mais gosto. Mas como todo relacionamento intenso, nós também temos nossas questões e as minhas principais sempre foram: a montagem ocupa um espaço gigantesco e o que faço com isso depois que termino?

Quando comprei o primeiro desses quebra-cabeças nano do Star Wars, sejamos honestas (somos todos migas aqui): eu não achava que tinha a menor chance de montar, ele é basicamente um A4 dividido em 500 peças. É muito pequeno. Comprei de festa (só 19,90, né?).

Fui dormir três da manhã, tinha montado quase tudo e não queria parar por nada.

Quadro de Quebra-cabeça

Quadro de Quebra-cabeça

O tamanho era ideal pra manipular numa bandeja apoiada no colo e ouvindo a tv ao fundo (pode ser ou não que eu tenha colocado Star Wars pra passar na tv e que também trajava meu pijaminha da saga).

E o danado do quebra-cabeça ficou lindo!

Decidi enquadrar pra ~gallery wall~ que tem um ano que juro que vou fazer, e de repente um virou três (são quatro modelos na coleção, mas um deles tem o Luke de destaque e essa casa não faz apologia ao moleque Skywalker).

Tem três ruas aqui de São Paulo (entre a Praça da República e o Minhocão) que são especializadas em molduras e quadros.O infeliz que projetou os quebra-cabeças fez questão que eles fossem 01 centímetro maiores que uma folha A4 (tanto em largura, quanto em altura), então precisei fazer sob medida, gastei 80 reais em três molduras pretas simples.

E aí eu já queria sair comprando e enquadrando um monte (de c e r t o s bruxos), usando pra tampo de mesa ou pra piso, mas aí fica demais. O meu bar preferido na vida tem a parede inteira forrada de gigantescos quadros de puzzle, mas esse é o tipo de caos que apenas pessoas iluminadas conseguem deixar estético e aconchegante (não sou).

Quadro de Quebra-cabeça

Quadro de Quebra-cabeça

Quadro de Quebra-cabeça

Quadro de Quebra-cabeça

Disclaimer: O quebra-cabeça nano é a porta de entrada para drogas mais pesadas, como os modelos de montar da Bandai e os puzzle 3D.

BEDA 2016