Browsing Tag

30 antes dos 30

Pessoal

30 Antes dos 30 – Setembro 16

3 de outubro de 2016

Esse é um dos posts de acompanhamento do projeto 30 antes dos 30. A lista completa do que ser e fazer está aqui.

Essa edição está particularmente monotemática, desculpa se tá meio pedante.

Setembro acabou, já acordamos o garoto Billie Joe (minha piada do pavê preferida) e que mês, né mores, QUE MÊS! Fiz aniversário no dia 03 (com essa lista se tornando cada vez mais real <3) e dia 05 eu estava: em Londres! Foi intenso, foi lindo, foi inesperado, foi incrível.

01. Ser mais tia

Fui pra Londres alucinada pra comprar pijamas-fantasia de bichos para as meninas, mas não tinha do tamanho delas (acabei trazendo só um do Chewbacca pra mim). Compensei comprando uma lata com 100 canetinhas para cada uma (da Paperchase) e perucas coloridas (da Poundland). As perucas foram mais apreciadas e fiquei feliz de saber, sem precisar pensar nem por um segundo, qual cor cada uma ia querer, me senti muito tia.

02. Viver em paz com meu guarda-roupa

Nas minhas visitas quase diárias Primark, reparei que só comprei coisas dentro de uma paleta de cores fixa, escolhi itens com uma análise muito mais precisa e não me arrependi de nenhuma compra (me abraça!). E, apesar de nunca ter odiado tanto meu corpo (agosto foi tenso e setembro insano), acho que consegui me vestir muito bem na visita ao escritório de lá.

30 Antes dos 30 - LondresOs presentes das meninas, as compras bem feitas na Primark e uma peça que <3

03. Ser a Mônica Geller

Como diriam os Beatles: Socorro. Recebi um grupo grande em casa no começo do mês, tinha cerveja pra todo mundo e as gatas não machucaram ninguém (assim muito gravemente), mas continuo com a total certeza de que não sei o que tô fazendo. De toda forma, as pessoas continuam vindo e mandam elogios sobre a casa dias depois, o que me parece positivo.

04. Ser a moça tatuada

Ia terminar a tatuagem esse mês, mas a tatuadora teve um imprevisto e acabamos adiando. Em breve vai tá tendo.

05. Princesinha dos CDB

Aí essa princesinha nunca foi muito de estudar sobre CDB. Aí essa princesinha precisou aprender tudo sobre CDB em 01 hora para apresentar em uma reunião em inglês, incluindo metodologia e fórmulas. Desse modo concluo que: agora vai!

06. Sair mais para coisas novas

Eu fui em uma peça! Em Londres! Com o Ian Mckellen e o Patrick Stewart! <333 Foi uma daquelas coisas que precisei meio que me forçar a organizar o rolê, porque envolvia um tempo que eu não tinha e talvez um dinheiro impossível, mas foi tão incrível e maravilhoso ter ido! (vai ter post)

07. Criar e guardar bem minhas lembranças

30 Antes dos 30 - Londres

Postei diariamente sobre a viagem no Instagram, fiz aquele post sobre rotina (tema do Setembro Fotográfico do SOTMB) e estou bem feliz com esses registros. Tenho pensando muito sobre a questã de imprimir as fotos de uma forma que não fique só mais uma coisa para ocupar espaço, mas tenho achado bastante coisa pra colocar os registros da viagem na decoração.

8. Aparecer nas fotos

Chegou em Londres e ou ia ou ia, né? Afinal tínhamos uma porta e umas plataformas pra registrar. Apareci em mais selfies lá do que nos últimos 3 anos (todas com a mesma expressão e mesmo ângulo? com certeza). Me gostei.

30 Antes dos 30 - LondresAQUELA porta, a London Bridge e (chorando choros) os estúdios da Warner

Também teve o piquenique de comemoração de fim do BEDA e adorei tanto do registro que mudei a foto de perfil lá no outro site.

9. Viver ao ar livre

Encontro de blogs - piqueniqueA gente ama se encontrar, a gente ama piqueniques e a gente ama comida. <3

A gente fez um piquenique. <3

Para comemorar o fim do BEDA, marcamos um encontro das minas (e manos) do SOTMB (esse grupo lindo) na Praça Victor Civita. Fez frio? Fez. Mas teve um solzinho e teve comida e gente ponta firme.

Das metas pontuais, só vi mais uma temporada de Friends.

Pro próximo mês queria prometer um Whole 30, mas tá muito cedo, vamos ver o que vem por aí.

Pessoal

30 antes dos 30 – Agosto 16

5 de setembro de 2016

Esse é um dos posts de acompanhamento do projeto 30 antes dos 30. A lista completa do que ser e fazer está aqui.

Esse mês começou comigo realizando um sonho de 12 anos, passou por um turbulento período de espera de respostas, quando a resposta chegou, ela trouxe outro sonho que eu nem sabia mais que tinha, teve a melhor comunidade do mundo postando por 31 dias seguidos e a constituição de 1988 foi rasgada. Apenas fatos intensos.

Na eterna e insuportável regra da priorização, algumas metas ficaram pra outro mês, para que outras fossem concluídas com o mais total e absoluto sucesso. Segue anexo o recapitula de agosto:

1. Ser mais tia

Tinha planejado levar as meninas na Plataforma 9 e ¾ na Bienal do livro, mas aconteceram coisas e a implacável lei das prioridades veio mais uma vez estragar a brincadeira. No entanto, ensinei muita coisa de Pokémon pra elas (os jovens, eles tem muito o que aprender).

3. Ser a Mônica Geller

Recebi gente para dormir em casa! Fomos em 3 pessoas (e meia) + 2 gatas nessa kitnet. E eu queria tanto ter feito mais! Me senti despreparadíssima! Eu já sabia que não teria os quartos de hóspedes das meninas do ABM, mas queria ter preparado mimos, queria ter todos os suprimentos necessários para o total e completo conforto das convidadas, eu queria ter o mínimo de alimento para essas meninas tomarem café da manhã!

30 Antes dos 30 Agosto

6. Sair mais para coisas novas

Eu. Fui. Num. Karaokê. E eu não canto. Nunca. Num nível que se vejo um microfone chegando perto, me vejo desmaiando que nem certos candidatos. Mas agora, em um encontro aguardado durante 12 anos, cantei os mais lindos pagodes junto com algumas das minhas pessoas preferidas no mundo.

Também fui para as Olimpíadas (no Itaquerão, que é onde o dinheiro permite). Saí de lá amando a torcida da Nigéria com todo o meu ser e já tenho destino certo caso a revolução separatista venha (eu que não vou morar no país paulista).

Os novos lugares visitados foram:

  • Momo Lamen <3
  • Karaokê
  • Taquería La Sabrosa
  • Cerveja Artesanal São Paulo
  • Jogo das Olímpiadas
  • Festa da Achiropita
  • Beluga Café

9. Viver ao ar livre

Ainda com migas, no fim de semana mais intenso da história, teve passeio pela <3 Paulista <3 Aberta <3, com balões de Fora Temer, casal de noivos fazendo aula de zumba, Erundina e Suplicy. Que dia.

10. Novas formas de se alimentar

Com a orientação de uma das melhores cozinheiras do mundo (sim, foi tudo naquele mesmo final de semana), comprei temperos. Lindos! Cheirosos! Coloridos! Tem lemmon Pepper! E curry! E pimenta! Que amor!

30-antes-dos-30-agosto-2Meus potinhos de tempero. <3

Metas Pontuais

Fazer um BEDA – Uhuuu! Já falei quanto foi maravilhoso, né? Só que foi mais! Nunca, nunca, nunca, vou conseguir dizer o quanto esses 31 dias e essas mais de 400 pessoas foram especiais na minha vida. VEM 2017!

Ir a uma festa italiana de rua – Já contei em um dos posts do BEDA, mas a festa da Achiropita foi muito melhor e mais gostosa do que o esperado. Recomendo a todos (acaba agora dia 04!) e já sonho em ser somelier de todas as festas de rua da cidade.

Pessoal

BEDA #07: 30 antes dos 30 – Julho 16

7 de agosto de 2016

Esse é um dos posts de acompanhamento do projeto 30 antes dos 30. A lista completa do que ser e fazer está aqui.

Hoje era dia de ~resumo da semana no calendário BEDA, mas aconteceram acontecimentos, fica pra amanhã.

Julho foi um mês intenso! Quando Alessa completou um mês aqui em casa (e três de vida), adotamos uma nova gatinha (Cassandra, prazer!) e meio que aproveitei minhas três semanas de férias para facilitar a adaptação de todo mundo por aqui. Nesse tempo organizei o BEDA, comprei ingressos pro Guns (ISSO É REAL?!) e curti o bairro e a luz do sol na janela de casa (que é linda).

Filhotes

Fui a muitos restaurantes novos, montes de museus, assisti Stranger Things (<333) e vi minha banda nacional preferida na minha casa de shows preferida. Foi um bom mês.

Segue anexo o projeto.

1. Ser mais tia

E aí eu tirei férias de última hora na mesma época que as meninas e achei que noooossa, nós íamos ser AS exploradoras da cidade. Mas a agenda das meninas de 9 anos, ela é ocupadíssima, de modo que as duas já estavam com compromissos e viagens pré-agendadas há meses, só consegui 01 tarde no dentista com uma e 01 tarde pintando Almanacão com a outra. Segue em frente, tem outros mês.

3. Ser a Mônica Geller

Recebi pessoas, com vinho (!) e queijo (!!) e playlist (!!!). E eu me sentiria tão adulta se tivesse gerenciado alguma coisa disso tudo (até a parte de entreter os convidados ficou por conta da Alessa)! E uma amiga de infância veio conhecer as gatas. E a minha avó veio conhecer as gatas. A minha avó! <3

6. Sair mais para coisas novas

30 antes dos 30: férias!

Agora que temos duas gatas em casa, Alessa está se virando melhor e pude voltar a sair (mais do que nunca na minha vida). Fui a todas as exposições da minha lista, experimentei muitos restaurantes que queria conhecer há anos (!), bati cartão em museus e cafeterias (tantas cafeterias, tão pouco tempo para amar todas).

Os novos estabelecimentos visitados foram:

  • Chá Yê
  • Da Feira ao Baile
  • Flor Café
  • Kod
  • 01 Bar na Roosevelt (que eu não consigo achar o nome)
  • Frida & Mida
  • Jardim Oriental da Liberdade (anos de expectativa e é: nhé)
  • As Véia
  • Frevo
  • Sofá Café <333
  • Itaú Cultural
  • Hirota Food Express
  • Son of a Beer
  • Tandoor
  • Hotel Tees & Bar
  • Foodstreet <3
  • Casa Godinho
  • Casa Mathilde <333
  • Pizzaria Napoli
  • Z Carniceria
  • Fast Berlin

Além dessa lista também revisitei vários lugares, a maior surpresa foi o Solar da Marquesa, que está com uma exposição enooorme e eu jurava que só tinha acervo permanente. Também fui na 25 de março comprar brincos iguais aos da Lu Ferreira (nossa blogueira de moda preferida)(25 não vale mais a pena, Anhangabaú tem as mesmas peças, mais baratas e sem fila) e fiz um migo na lavanderia.

7. Criar e guardar bem minhas lembranças

Eu bati muito mais fotos (com celular mesmo) pra registrar essas pequenas saídas e isso já tem sido uma avanço enorme. Também tenho me dedicado mais a tirar fotos das gatas porque elas estão crescendo TÃO rápido. Tem umas coisas aí pra resolver na vida, mas como disse no post passado, tem dois serviços de assinatura de fotografia e fotolivro que eu quero fazer. 😉

9. Viver ao ar livre

Migas, eu fui no Tanabata! Fazia anos que só de ouvir esse nome as perna chegava a tremer de horror (horror!) de enfrentar a multidão e o calor e a fila e as PESSOAS. Mas tenho uma amiga vestibulanda de medicina e convenhamos que nesse caso toda ajuda é ajuda. Fomos e estava bonito (apesar do frio). Nesse dia a gente também andou bastante na Paulista e tomou café sentada na calçada e caminhou de volta pra casa e foi lindo. <3

Tanabata Matsuri 2016

Migas, desci a pé as curvas da estrada (velha) de Santos, aquelas mesmas musicadas pelo Rei. Quero fazer um post separado disso, mas são 10km de descida em um passeio lindo (porém, só é permitido fazer em grupo).

Descida da Estrada de Santos

10. Novas formas de se alimentar

Fui a um evento de degustação de chás (obrigada, Yelp! <3)! Tentei mesmo gostar de chá. Vocês todas gostam de chá, todos os personagens de Harry Potter gostam de chá, é fotogênico e leve e fácil de fazer, mas nem assim, migas, nem assim. Sou uma pessoa do café. No entanto, esse Chá Yê se mostrou um lugar maravilhoso pra comer Dim Sum (vamos?).

Degustação de Chá - Chá Ye

Também aproveitei as férias pra aproveitar as promoções de quinta-feira dos sacolões municipais (a terceira idade é maravilhosa, venham!) e bater mais perna nos mercados da Liberdade.

Metas pontuais

Terminei de ver Gilmore Girls! E fiquei chocada de verdade: porque não lembrava o final (pode acontecer) e porque a gente shippou TANTO casal errado que olha. Ainda bem que no meu âmago sempre fui Rory & Jess (único casal possível).

BEDA 2016