Viagem

Souvenires de viagem que eu deveria ter comprado e não comprei – BEDA #21

21 de agosto de 2017

Sempre tive uma dificuldade muito grande com souveniers de viagem (#FirstWorldProblems), prefiro a morte do que comprar chaveirinhos, prefiro depilar a virilha com cera do que comprar ~snow globes~ e posso gastar 30 minutos escolhendo 01 imã de geladeira que combine de verdade verdadeira com o meu frigobar.

Sem querer passar por viajadona (pois não sou), mas já passando, eu visitei dois dos países mais legais do mundo (a saber: China e Russia) e não trouxe quase nada de lembrança. Foi só quando voltei que tive As Idéias e morro 01 pouquinho por ter perdido a oportunidade de cultivar essas pequenas coleções:

01 Harry Potter em cada país

Harry Potter CírilicoAeroporto de Kaliningrado. Comprei? Não comprei.

Comprar um livro do Harry em cada país, juntando assim várias edições em línguas diferentes é uma idéia tão boa que me dá um embrulho no estômago de arrependimento por não ter pensado nisso antes. Eu já podia ter em chinês e russo! E podia ter comprado uma edição de 01 milhão de libras na Plataforma 9 e ½ totalmente livre de culpas, afinal: coleção.

Dava uma baita foto também, né? Imagina euzinha e minha edição russa-cirílico-comuna-revolucionária do Cálice da Fogo na Praça Vermelha. Foto hipster de HP e a Pedra Filosofal em cantonês + bolinho e café no Hong Kong Park.

E ia ficar lindo na estante. Ai que ódio.

Flores

Básico e grátis e Pinterest. A Isa (sempre a Isa, rainha da minha vida) mostrou um quadro que ela fez (acredito eu que com uma folha de Campos do Jordão, confere?) e eu fiquei me remoendo por não juntar 01 flor ou 01 folha em cada cidade que passei. Ia dar uma série linda e delicada de quadrinhos.

Jornais

Essa eu vi no Peonis, a Mari foi juntando a primeira página dos jornais do dia em que ela chegou em cada cidade. Baita idéia. Tem a parte do idioma, tem a parte da cultura, da estética, das fotos e vem a data da visita. Apenas acertos.

 

Virginiana que sou, fico nessas de que seria um erro começar essas coisas agora? Mas também fico com vontade de comprar os Harry dos países que já fui pelo correio e segue o jogo? Também me sinto prepotente pensando nisso como se ~nossa, fosse viajar pra caralho por aí~? São muitas questões.

 

BEDA 2017 - Se Organizar Todo Mundo Bloga

You Might Also Like

6 Comments

  • Reply Luana Vilha 22 de agosto de 2017 at 23:13

    Confesso que eu ri com a declaração de preferir depilar a virilha com cera a comprar um globo de neve, me julgue, mas eu vivo para isso hahaha não que eu tenha viajado horrores pq eu não fiz, até hj só fui no roteiro batido que todo mundo faz, mas ainda sim não poderia perder a oportunidade de comprar um globo de neve e chaveiro e imã e os dinheiros que sobraram (um verdadeiro clichê ambulante)
    Achei a ideia de comprar livros em outras línguas, muito original! E acho que sim vc deveria comprar pelo correios, ora pois, vc já esteve nos dois ou três países a contar com Londres, uma pena apenas que vc não vai conseguir realizar o sonho das fotos, mas né olha a oportunidade de algum dia retornar a esses lugares 😉
    Ps: eu conheci o blog da Isadora por intermédio do seu blog e gnt apenas maravilhoso! ❤

  • Reply Thaynara 23 de agosto de 2017 at 08:09

    Essa sua reflexão alterou totalmente o meu modo de ver nas minhas viagens, porque nunca fui também do tipo que traz “lembrancinhas” como chaveiros, imãs, cartão postal, essas coisas. Mas pensando pelo lado que você pontuou, podia muito bem ter trazido, sei lá, uma pedrinha dos lugares que fui, coisas simples. Ainda bem que fiz apenas uma viagem internacional até agora e pretendo planejar algo que nem o que você falou (a ideia das edições de HP são ótimas, um motivo pra visitar a China novamente!!)

  • Reply Aline 23 de agosto de 2017 at 10:40

    Cara nem me fala.
    Acabei de voltar da Argentina e voltei com um total de 01 (UMA) caneca do Boca Juniors pois real amo futebol e o passeio no estádio foi incrível e sou a louca das canecas, mas fora isso NADA. A ideia do HP é sensacional também quero socorro, e a das folhas/flores, UM TOTAL DE ZERO DINHEIROS GASTOS E FICARIA LINDO. AFFE.

    O que mais me arrependo na real é não ter comprado nada no London City. É um café que SAÍ DE SP SÓ PRA IR BASICAMENTE (tá não *só* mas enfim) e não trouxe a caneca deles. Era overpriced e pra turista? Sim. Mas era linda? Sim. E me arrependo todo dia de não ter comprado desde que cheguei? Também sim. :(

  • Reply Roberta 23 de agosto de 2017 at 14:25

    adoraria muito ter um exemplar de HP em cada idioma! <3 e que baita ideia da isa! vou tentar adaptar a ideia agora pras minhas férias, pois não viajarei, mas quem sabe consigo coletar folhinhas interessantes pelo meu caminho, hueihieuh.
    bjo!

  • Reply Vy 23 de agosto de 2017 at 17:19

    Acho um grande incentivador de viagens! Coleções! Básica e clichè como sou, tô só na pulseirinha Pandora. E Hello Kittys (porém, falha grande por não lembrar de sequer ter visto uma no Equador – será que eles a conhecem?). Mas acho que os grandes souvenires de viagens são aqueles cacarecos que te lembram algo da rotina: a caneca que você sempre usava, a toalhinha de mão, um moletom que virou pijama…

  • Reply Stephanie Ferreira 11 de setembro de 2017 at 19:39

    Juntar jornais é uma puta boa ideia Nicas! Com certeza vou aderir pra vida e comprar na próxima viagem <3

  • Leave a Reply