Talvez seja o frio, talvez seja o fato da ~blusa de fotógrafa~ que comprei no Sesc em 2014 (!) finalmente ter servido, talvez sejam as botas (pois: botas), mas se arrumar tem sido muito gostoso e acabei sentindo saudades de falar de maquiagem que nem a gente fazia antigamente, como boas amigas folheando catálogos da Avão depois do almoço. Sem guru de YouTube, sem #ad, sem “top 10 corretivos de cobertura média matte HD para usar a noite no frio entre 100 e 1000 reais“.

Os 3 Últimos: Itens de Maquiagem

Corretivo Maybelline Fit Me (cor: claro)

Uso bastante maquiagem da Maybelline (bastaaaante), mas nosso relacionamento guarda certas mágoas (por que as máscaras não vêm pro Brasil, por que???!!?!) e uma delas é/era o corretivo, que só vendia na versão stick. Quem. Usa. Corretivo. Stick. Em. 2016?! Esse novo da Fit Me fez curativos no meu coraçãozinho magoado pois: não caro (R$ 25,99 na Droga Raia – gente, façam cartão fidelidade até na quitanda, por favor), não-é-grosso-não-é-líquido-é-bom, cobre muito bem sem deixar a pele pesada e não fica brilhandinho. É um dos melhores corretivos que eu já usei (não significa grande coisa).

Essa linha Fit Me é a personificação da riqueza lá fora, os vidros e potes são lindos e tem aproximadamente 6514367919 cores, aqui a embalagem chegou meio nhé, só tem 3 tons de corretivo (claro, médio e escuro) e quatro de blush, mas segue o jogo. Sugiro estocar o que for possível agora no lançamento que o preço está melhor.

Pó Compacto Vult (cor: 02)

O pó dessa linha aí de cima ainda não chegou em todo lugar e alguém falou no Snapchat (não foi o Padre, mas poderia ser) que o da Vult era muito bom. E é mesmo. Durou o dia todo, todo, todinho e só não cobriu o trouxa que está escrito na minha testa por ter passado anos pagando o dobro no pó da Maybelline. Amei a textura, vem bastantão no pincel, mas não pesa no rosto e a embalagem é bem boa (com aquele compartimentinho separado de colocar a esponja que eu não uso, mas acho chique).

Lápis Avon Mega Impact (cor preto)

Se depois de subir meio degrau na escada da vida eu estava esnobando maquiagem da Vult, fazia também uns bons anos que eu não usava Avon (mas sempre folheei os catálogos porque em festa de família isso é uma questão de educação), gastei 01 fortuna buscando um lápis de olho que não escorresse me dando olheiras de fã de Evanescence dos trópicos. Aí veio Avon e por 20 realidades tenho o lápis perfeito: macio, não escorre, não borra, não carimba e não precisa arrancar o olho e jogar na máquina pra tirar. MELHOR lápis.

E é isso meninas, no próximo vídeo eu vou mostrar os recebidos de maio (um monte de conta).